Wednesday, June 26, 2019

Palavras de Cotrim.

Alopécia.



Ela de pé olhava-o sem pressa.

É possível que ali o fogo fosse pouco,
que fosse um erro
a medida da água,
o tamanho da letra,
os jeans
(o azul primordial).


É possível que ela aguardasse apenas
ver um seu cabelo crescer,
para começar a falar francês
e ir comprar sabonete
e cuecas de fio dental.

Sunday, June 23, 2019

Palavras de Cotrim.

Disforia.




É quando o feitiço, desprovido de ilusões, se apequena.

Palavras de Cotrim.

Biblioteca.



Nas bibliotecas, as pessoas leem links e leem livros.

Depois de horas curvas, as pessoas já não leem bem.
Olham em volta como se já não estivessem ali.

Quando terminam um link, um livro, não se ouve um aplauso.
Ao contrário do rock n`roll, não saem triunfantes pela porta.

It`s an outlier!

Ordem de trabalhos.



Naquele dia, antes de uma reunião decisiva, ele olhou-se por momentos no espelho.

Um oco a meio, halo de pedra, gravata hirta como numa primeira audição. O vinco preparado das calças dizia-o pronto para explicações.

Ocorreu-lhe que se tivesse noutro país, a sua voz seria outra, não estaria ali, naquele momento, uma água pouco antes de ferver, a exorbitar idiomas, a segurar o coração. Quis dizê-lo a alguém, mas pensou na reunião que iria ter, nas consequências, e preferiu não o fazer.
A ordem de trabalhos era outra, e o seu pai ficaria desapontado se soubesse, de barba feita, que ele guardava no peito algo que nunca aconteceu.

Wednesday, June 19, 2019

Self-disclosure.


Um grande desígnio (CXLI).




(um amor que é maré cheia: 


- eduarda, que desenho novo é este?
- somos nós a andar no arco-íris.
- e como se anda no arco-íris?
- é com os pés, mas com cuidado.)

Tuesday, June 18, 2019

It`s an outlier!


To-do list.




Ganhar a rua.
Subir a escada.
Ouvir o vento.

Deixar o erro à mostra.
Fazer sobrar o tempo.

It`s an outlier!



(Artwork by Erina Matsui)




A cabeça.




É oval 
perfeita
a cabeça:

perdura, persiste,
inclina-se sobre os temas.

Na cabeça,
alça vôo a aventura
e o arremesso da bola
que faz acelerar o tempo.

A cabeça tem olhos, 
cabelo,
uma boca,
que se abre no café
às vezes.

A cabeça pode viver milénios,
virando as páginas,
esperando viver
(querendo viver)

um último acaso
de espuma.

Friday, June 07, 2019

It`s an outlier!


Amor (uma definição breve).





Parece amor 
a falta de ar

quando o sangue
sobe depois pela cabeça.


Tuesday, May 21, 2019

Palavras de Cotrim.


Quercus.




O mar é antigo:


guarda as semanas,
os lápis, 
o plástico.

Palavras de Cotrim.


Felicidade.



É quando o sangue visita o corpo.
É quando no circo se avista a pérola.

É quando um pé floresce onde as pedras conversam.



Monday, May 13, 2019

Self-disclosure.





Um grande desígnio (CXL).




(Eduarda, quatro anos.


tenho andado a ler um livro do manuel silva ramos que fala da importância de ir renovando os homens, os pomares, usando borboletas. vaso de flor e vértebra, faz hoje quatro anos que te disse pela primeira vez com nome de gente. faz hoje quatro anos que me encontrei provavelmente por inteiro, com nome de gente. já pintas dentro do risco. já escolhes o cabelo que deve ficar atrás da orelha. já argumentas. já partilhas. já confidencias. tens amigos: isto é, pessoas que te acenam, que te dão a mão, que se aproximam. medes um metro e cinco. és tímida, valorizas a regra, gostas de puzzles porque perseveras. já nadas sem placa e danças de panela. faço em breve quarenta anos. acertando no nervo da distância, pontuo hoje alto na indústria da felicidade. digo-me hoje com poucos nomes, com poucas letras. é suficiente. já fiz muitas coisas, muitas sem saber e sem saber como depois a dizer. contigo veio, entretanto, a deflação de uns quantos abcessos íntimos. há dias, na escola, perguntaram-te a minha ocupação no dia-a-dia. a tua resposta, ínfima, intransitiva, ergueu-me por momentos ao céu: o meu pai corre muito e depois senta-se em casa a escrever).

Tuesday, March 05, 2019

Self-disclosure.

Um grande desígnio (CXXXIX).




(um amor que é maré cheia:

- pai, hoje vamos a horas?)