Thursday, November 06, 2014

Self-disclosure

Fading.


Deito-me.

Todos os dias
olho o tecto branco,
rezo um acto de contrição,
arrisco um pé de fora
nas mantas.

Fora de todo e qualquer caminho,
tenho apetites de arroz e avenças.

A graça de uma surpresa vai-me comovendo menos.

Já vi muitas camisas, formulários,
a exaustão da paciência,
escolhi adendas, esperei muitas vezes
a minha vez, à porta.

Penso nos prédios que se repetem,
em steinbeck, que tanto vindimou,
pergunto se em delmenhorst
estará tudo também na mesma.

É-me hoje difícil fazer contas
com as cuecas apertadas,
interpretar certezas, cândidas,
deitadas em panejamentos de seda.

Aprendi, entretanto, a importância
de ir apanhar batatas,
cultivar a aspereza da terra,
sacudir da lapela as caliças.

Deitado, enumero os problemas do dia seguinte,
um receio, talvez, de acordar sem companhia.

O tecto branco fita-me.
Procuro nele, uma vez mais, abonações para umas quantas dúvidas.

Apago a luz.
Penso em guarda-sóis às riscas.

It`s an outlier!

Minolta.


Ontem à tarde, vi o mia couto a escolher impressoras minolta.
Não é a mesma coisa.

Wednesday, November 05, 2014

Palavras de Cotrim

Caminho.

 

De manhã, os miúdos da lousã vão a pé para a escola.

No caminho,
o entusiasmo precipita-os
para fora das estradas comuns.

Voam, de ramo em ramo, até acabar a árvore.

Vão depois ao continente,
pôr creme e perfume armani,
olhar as prateleiras de sumo
e vinho tinto.

No caminho,
aprendem as regras restritas da beleza,
a tradição particular da carência,
do sentimento.

Tuesday, November 04, 2014

Palavras de Cotrim

Remédio.

 


Hoje à tarde, em lisboa,
muitas pessoas escolheram andar à chuva.

Com o chapéu mal preso nos dedos,
tentavam, uma vez mais,
sentir alguma coisa.

Palavras de Cotrim

Relva.


A relva é alta e ondula, a sua imagem persiste na cabeça durante muito tempo.

A relva é alta e ondula, parecendo que assim se prepara para uma festa.
A relva é alta e ondula, nela há quem enrole os érres e esqueça os rácios dos bancos.

Há quem goste muito de relva - a relva deve, por certo, acertar em coisas importantes.

Thursday, October 30, 2014

It`s an outlier!

 
Artwork: Portugal, 2014 - Aluga-se (Starjammers, 2014, Série "Eu hei-de encontrar o real")



Alfama.


Talvez mãe,
talvez tia,
consigo contente
ela estendia toalhas

na janela
aberta à noite
para ver
os barcos
a pedir licença.


Era meio-dia,
cheirava já na rua às fanecas
que a vizinha fazia.

Ao ouvir o assobio,

fechou a janela,
correu a cortina -
as suas ancas de educanda

esclareceram que era
também filha.

O tozé trazia
a camisa curta,

dalças,
chinelos e unhas,
esperava na rua,
lamentoso de testa

- amanhã,
dizia a bola,
chovia.

A porta abre-se,
o tozé entra,
sobrando-lhe, ténue,
uma ideia de quantidade
nas calças
adidas.

Duas senhoras passeantes
olham o alvoroço,
a janela,
a cortina,
e riem.

Wednesday, October 22, 2014

It`s an outlier!

Out-of-the-box.


Um dia, numa empresa, alguém levou uma caixa para uma reunião.

O presidente abriu a caixa, e perguntou o que havia lá dentro. Penso que é um paradoxo, senhor presidente - respondeu a secretária.

Na reunião, todos olharam a caixa, a secretária, vieram sábios que confirmaram tratar-se de um paradoxo - houve, depois, quem dissesse que já o tinha visto num divórcio, houve quem perguntasse se iria bem com vinho, houve quem o tenha, inclusivé, tentado entender.

No final da semana, veio a senhora da limpeza que deu com a caixa esquecida num canto da sala de reuniões. Levou a caixa para casa, e, ao serão, mostrou-a no intervalo da novela. Hoje trouxe isto lá da empresa - disse.

A senhora, alentada, abriu a caixa e todos espreitaram lá para dentro. 

O homem ficou triste, porque pensava que era um resto de bolos.

O filho levou a caixa, no dia seguinte, para a escola, e mostrou-a ao professor. Queria, dizia, ver o paradoxo de perto, analisá-lo, queria vê-lo fora da caixa. O professor abriu a caixa, e disse-lhe que ainda era cedo, que teria de estudar mais para o saber fazer.

O filho estudou, e um dia mais tarde foi para uma empresa ter reuniões.

Um dia, na empresa, o filho levou a caixa para uma reunião.

O presidente abriu a caixa, e perguntou o que havia lá dentro. Penso que é um paradoxo, senhor presidente - respondeu a secretária.
Na reunião, todos olharam a caixa, a secretária, o presidente perguntou que uso poderia aquela caixa ter.

Gostaria que nesta reunião, todos vissemos este paradoxo fora da caixa - sugeriu o filho.
O presidente perguntou se isso seria possível, o que seria depois feito com as dúvidas, com a caixa.

O filho pediu licença, tirou o paradoxo, todos o viram fora da caixa.
Colocou-o de novo lá dentro, e arrumou, com aparente critério, a caixa num canto da sala.

No final da reunião, registou-se em acta, publicou-se uma notícia - naquele dia, naquela empresa, um paradoxo tinha sido visto fora da caixa.

Nos dias seguintes, a secretária recebeu telefonemas, pedidos de entrevistas, encomendas, muitos queriam ser vistos como próximos daquela empresa invulgar, boa de virtudes tendentes à coragem.

No final da semana, veio a senhora da limpeza que deu com a caixa num canto da sala de reuniões. Levou a caixa para casa, e ao serão, mostrou-a no intervalo da novela.


Hoje trouxe isto lá da empresa - disse.


Tuesday, October 21, 2014

Palavras de Cotrim

Interior.

 

No hotel da pampilhosa,
os amantes encontram-se ao almoço,
colocando a nudez em êxtase,
sem risco de indiscrição ou sobressalto.
 

Saem pouco depois das duas,
a cabeça, os ombros
invulgarmente realizados
- libertos de toda a ganga,
lutam, resolutos,
contra a desertificação do interior.

Saturday, October 18, 2014

Palavras de Cotrim

Função pública.

 

Para carlos drummond de andrade (1902-1987), o emprego no estado reunia um equilíbrio de condições ideal para o desenvolvimento dos talentos da imaginação por um bom número de espíritos, ao conferir um sustento sem folgas, sem luxos, sem fomes.

Constrangido por uma rede de procedimentos que deve colocar em prática, o funcionário encontraria disponível no papel branco dos ofícios, um apropriado e acessível veículo de fuga.

A organização burocrática protegeria, assim, o homem médio, situando-o, inspirando-o. 

Drummond de andrade foi funcionário público durante trinta e cinco anos.

Palavras de Cotrim

Diferença.


As pessoas com menor estatuto social desenvolvem sobretudo padecimentos mentais sociogénicos, dirigidos contra a sociedade, enquanto nas classes sociais mais elevadas se encontram antes doenças de origem íntima, psíquica, dirigidas contra o sentido narcísico de "eu".


Importa, no caso, ponderar as diferenças existentes entre os modos de vida na cidade e no campo - o exame de milhares de observações clínicas demonstra que a toxicomania é sobretudo frequente nos intelectuais, a esquizofrenia nos estudantes de teologia e filosofia, a mania da perseguição nos polícias, a neurose em enfermeiras e em professores - os agricultores são, por regra, os menos atingidos pela doença mental.

Com o desassossego que decorre de uma inquietante sensação de actualidade, sublinha-se que esta formulação foi estabelecida por William Stern, em mil novecentos e onze, num texto pioneiro da então designada psicologia diferencial.

Wednesday, October 15, 2014

Palavras de Cotrim

VIP.


No lugar oitenta e seis, a minha colega de viagem explorava com avidez a terceira sopa de letras. Tinha problemas com as consoantes, era uma mulher do campo, ainda boa de clavículas, dizia, mas não desistia de querer saber, queria ajudar a neta nos trabalhos de casa.


À sua frente, uma jovem, fértil em resoluções do corpo, retocava, inclemente, um gosto por espelhos, por lábios, camisolas estrangeiras, por ela própria.


A minha colega de viagem queixava-se amiúde - da vesícula, da juventude, da vista - tinha uma consulta já marcada para o natal. Dizia-se mal-dormida, ia às sementes, gostava muito de centros de mesa. Em santarém, abriu um tupperware, e levou à boca uma breve quadrícula de pão-de-ló, revelando especial gosto pelo açúcar que tinha posto em cima.


Ofereceu um pouco à jovem, que fazia entretanto amigos na internet.


A jovem disse que não podia - não tinha ainda a boca pronta.


Passados uns instantes, usou-a, ainda assim, para se justificar - falou do adiantado da hora, de caber em casacos de senhora, de uns tantos intentos cutâneos, não percebi ao certo, apenas me ocorria pensar nos romanos que, antigos, inventaram o cimento.


Chegados a vila franca, uma senhora recém-chegada indignou-se com o lugar oitenta e oito,
invocando papéis e direitos de lugar sentado.


A jovem, que se refazia ainda no seu espelho vip, estava no lugar errado, dizia a senhora,
escolhendo bem os adjectivos.

Sunday, October 12, 2014

Palavras de Cotrim

Janeiro.

 

Naquela tarde, o avô, conformado, explicava a ida da avó ao hospital -
a avó tinha, há já algum tempo, graves problemas de janeiros.

O neto perdeu-se, por momentos, no inesperado da explicação.
O avô acrescentou:


- Sabes, o problema da avó, como o meu, são os janeiros que ela tem. São muitos.